Imagem ADRIMORGUI | agência de comunicação e estratégia

newsletter

Imagem ADRIMORGUI | agência de comunicação e estratégia

Categorias

Arquivos

A Condição Feminina Mudou Mais Do Que A Soma Dos Últimos Milênios

Por Adri Guimarães | Comportamento , Tendência | 26.04.2017

Imagem A Condição Feminina Mudou Mais Do Que A Soma Dos Últimos Milênios

Ano de 1960, início da segunda onda feminista. É nessa época que filósofo francês Gilles Lipovetsky coloca o surgimento da “terceira mulher": aquela que é dona de seu destino, de seu corpo e de sua posição social.

O conceito, criado por Gilles em 1997, traduz esta nova mulher -- uma mulher que deixou de ser uma invenção do homem. “A mulher objeto finalmente passou a ter um futuro aberto, a ser determinado por suas práticas, escolhas, acertos e erros, e não mais pelas decisões dos homens ou pela tradição."

Diferentemente da primeira fase do feminismo, quando se postulava uma ruptura total com o imaginário anterior (um mundo sem distinções sexuais, ao menos funcionais), Lipovetsky esclarece que, hoje, “as mulheres não rejeitam mais uma ascendência sobre coisas como a educação das crianças, uma postura existencial mais amorosa, a ênfase na relação entre amor e sexualidade. Elas recusam o que impede a autonomia."

Na obra A terceira mulher, Lipovetsky explica que Eva foi a “primeira", pecadora e diabolizada na tradição judaico-cristã. Era ela a responsável pela infelicidade do homem.

Já na Idade Média, a visão do sexo feminino é oposta à anterior. Uma espécie de anjo que acalenta e seduz com sua beleza o macho dominante. 

Foram séculos de opressão feminina que marcaram a “mulher-objeto e que, até hoje, deixam resquícios. Só a partir da... ...

Imagem Continue Lendo

Tags:

  • Imagem Twitter
  • Imagem Facebook
  • Imagem Google Plus
  • Imagem LinkedIn
  • Imagem Pinterest
  • Imagem Email

Recomende a um amigo!

Imagem Atualizar Código
LZGC Imagem LZGC

Comente!

Imagem Atualizar Código
LZGC Imagem LZGC
Imagem voltar ao topo